O relatório da Lei de Responsabilidade Educacional (LRE) deverá ser votado pela comissão especial que trata do tema, no próximo mês. É o que prevê o relator da comissão, deputado Bacelar (PTN-BA), que se reuniu esta semana com o secretário-executivo do Ministério da Educação (MEC), Luís Cláudio Costa, para debater um texto consensual, que contemple os interesses de todos os segmentos envolvidos na discussão da matéria. “Esta parceria é produtiva. Acredito que, juntamente com o MEC, vamos conseguir aperfeiçoar a proposta. O ministro me procurou no fim do ano passado para dialogarmos um pouco mais sobre o assunto. Estamos chegando a um consenso, mas a intenção é votar o relatório o quanto antes. Sem a Lei de Responsabilidade Educacional, o Plano Nacional de Educação está ameaçado, e, por isso, temos pressa”, alertou Bacelar. A nova lei visa definir padrões de qualidade no sistema de ensino, por meio de avaliação periódica e punição dos gestores que não cumpram as metas de avanços no setor.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu