Bacelar diz que caso Cunha pede reforma “profunda” no sistema político

Um dos 450 votos pela cassação do agora ex-deputado Eduardo Cunha saiu das mãos do deputado Bacelar (PTN-BA), que desde o início do processo se posicionou favorável à perda do mandato do político carioca. Para Bacelar, a Câmara fez o que a sociedade brasileira esperava e o resultado da votação pela cassação foi crucial para a retomada da recuperação da credibilidade do Parlamento, mas faz um alerta. “Para que essa credibilidade seja totalmente recuperada e não produza outros Eduardo Cunha, necessitamos de transparência, de austeridade e mandato parlamentar aberto à participação popular”, declarou.

(mais…)

Compartilhe com amigos

Continuar lendo Bacelar diz que caso Cunha pede reforma “profunda” no sistema político

Bacelar é afastado pelo PTN da CCJ e ataca: “Foram pressões espúrias”

Em mais uma manobra do presidente afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o deputado Bacelar (PTN-BA) foi surpreendido nesta terça-feira (14), na Câmara, com a decisão do seu partido de substituí-lo na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) por um aliado de Cunha. O deputado baiano reagiu indignado e deu declarações duras, disparando contra a direção do PTN e o que chamou de “pressões espúrias” para salvar o mandato do parlamentar peemedebista. “Tenho mais de 20 anos na política. Fui quatro vezes vereador, duas vezes deputado estadual, secretário municipal de Educação e ocupei outros cargos públicos. Em todos esses anos, jamais presenciei manobras tão vergonhosas como as que agora assisto nesta Casa, na tentativa de salvar o deputado Eduardo Cunha, já condenado por quatro entre cada cinco brasileiros”, profetizou.
Compartilhe com amigos

Continuar lendo Bacelar é afastado pelo PTN da CCJ e ataca: “Foram pressões espúrias”

Bacelar tenta barrar manobra que favorece Cunha

Para tentar evitar as manobras do presidente afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o deputado Bacelar (PTN-BA) apresentou nesta quinta-feira (9), na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, voto em separado à consulta feita pelo presidente interino da Casa, deputado Waldir Maranhão (PP-MA) sobre as regras para a votação de processos contra parlamentares no plenário. A intenção do deputado baiano é derrubar o parecer do deputado Arthur Lira (PP-AL) à consulta, que defende a apresentação no plenário de um projeto de resolução, e não o relatório elaborado pelo Conselho de Ética. “Se o relatório de Arthur Lira for aprovado, vamos jogar no lixo todo o trabalho do Conselho de Ética. Serão sete meses desperdiçados”, disparou Bacelar.
Compartilhe com amigos

Continuar lendo Bacelar tenta barrar manobra que favorece Cunha